nossas notícias

Convênio entre UniSALESIANO e Instituto de Portugal traz aluna para estágio em Araçatuba
Convênio entre UniSALESIANO e Instituto de Portugal traz aluna para estágio em Araçatuba

O desejo de estudar fora faz parte do imaginário de grande parte dos jovens estudantes de todo o mundo. Não foi diferente com a portuguesa, Inês da Silva Marques, estudante de Engenharia Industrial no Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria), em Portugal, que teve a oportunidade de estudar e estagiar em Araçatuba.

 

A jovem está no Brasil desde março, realizando o Estágio Supervisionado na Colormaq e estudando no curso de Engenharia Mecânica do UniSALESIANO, graças a um convênio entre a Instituição e o Instituto português.

 

Segundo o coordenador do curso de Engenharias, Nelson Hitoshi Takiy, a Instituição mantém um convênio para concessão de estágios com a Colormaq: “Devido a parceria com esta conceituada indústria brasileira, foi possível acolhê-la por um período de 4 meses em que ficará matriculada no curso do UniSALESIANO”, disse.

 

Para os representantes da Colormaq, o especialista em Learn Manufacturing, Anderson Reinert, e o engenheiro Leonardo Kaimen, a vinda da jovem tem como objetivo colocar os colaboradores da empresa em contato com outra cultura, idioma e formas de trabalho, viabilizando a internacionalização de conteúdo: “Essa parceria firma novas oportunidades de conhecimento, crescimento pessoal e profissional para todos os envolvidos neste processo. Com a estudante Inês em nosso time, completamos nossa equipe do Lean Manufacturing”, destacou Reinert.

 

Engenharia

 

Inês da Silva Marques, tem 25 anos, é Técnica de Análises Laboratoriais e Qualidade. Em Portugal, mora numa pequena aldeia de nome Tremoceira, pertencente a Porto de Mós, Leiria. Lá, a jovem estuda Engenharia e Gestão Industrial na IPLeiria.

 

Segundo ela, sua vinda para o Brasil aconteceu por três razões: a oportunidade de estágio, estudar no UniSALESIANO e participar do casamento de seu primo. “Meu primo, Rafael Cipriano, vai casar em breve e gostaria que a família de Portugal estivesse presente, mas isso só seria possível caso eu fizesse o estágio aqui no Brasil”, explicou Inês.

 

Dessa forma, Rafael, que é coordenador de Medicina Veterinária do UniSALESIANO, estreitou a comunicação entre as Instituições, para um convênio com o Instituto dando início a um processo de estágio, a oportunidade também para os demais estudantes.

 

Colormaq

 

Na Colormaq a jovem atua no departamento de Lean Manufacturing, fazendo fichas de instrução de trabalho da linha de montagem de lavadoras automáticas. “É um trabalho exigente. Em pouco tempo é necessário aprender todos os processos e procedimentos e descrever os mesmo de forma coerente e concisa. Além do mais, estou a fazer um estudo sobre gestão de processos e uma proposta de resolução geral de vários problemas que possam surgir nos setores”, disse Ines.

 

Aprendizagem

 

Na Instituição, a jovem destaca que uma das principais diferenças entre o seu pais é a proximidade dos professores com os alunos. “O UniSALESIANO me encantou. Além de ser uma ótima universidade, possui recursos incríveis e professores altamente qualificados. Além do mais, achei benéfico para a aprendizagem esse contato mais próximo de aluno e professor, diferente do que estou acostumada”, destacou.

 

A jovem retorna ao seu país de origem no dia 22 de julho com muito aprendizado e experiências na bagagem. “Irei embora eternamente grata por esta experiência e com o coração querendo voltar, com toda a certeza”, concluiu.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação - UniSALESIANO