nossas notícias

Cinco personalidades são agraciadas com o título Doutor Honoris Causa da UCDB
Cerimônia de entrega da mais alta honraria concedida pela UCDB é promovida pelo Conselho Universitário da Católica

Pe. José Marinoni, Conceição Aparecida Galves Butera, Pe. Ángel Adolfo Sánchez y Sánchez (in memoriam), Ir. Silvia Vecellio Sai e o artista plástico Humberto Espíndola são os mais novos homenageados com o título Doutor Honoris Causa, a mais alta honraria concedida pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB). A cerimônia, promovida pelo Conselho Universitário da Católica, foi realizada na noite da sexta-feira (23) e contou, na abertura, com a apresentação do Coral e do grupo de Cordas da Católica.

 

“São muitos aqueles que contribuíram com a história da Universidade Católica Dom Bosco. São pessoas que trabalharam aqui e se dedicaram, como ex-acadêmicos, pessoas de renome na sociedade e que também contribuíram para a formação humana e cristã, destacou o Reitor da UCDB, Pe. Ricardo Carlos.

 

O Chanceler da UCDB e presidente da Missão Salesiana de Mato Grosso, Pe. Dr. Gildásio Mendes dos Santos, ressaltou em seu pronunciamento que esta honraria é realizada dentro das comemorações dos 125 anos da Missão Salesiana de Mato Grosso. “A Universidade Católica Dom Bosco está em festa por reconhecer publicamente e oficialmente essas personalidades, que têm se dedicado de maneira exemplar para todos nós sobre como trabalhar a educação a serviço da vida, a arte a serviço do bem comum e trabalhar a religião a serviço do desenvolvimento das pessoas. São pessoas que merecem nosso reconhecimento e gratidão por tantas coisas que fizeram”

 

Homenageados

 

Pe. José Marinoni

 

Para o ex-reitor da UCDB, Pe. José Marinoni, homenageado com Honoris Causa em Educação, a indicação foi recebida de maneira inesperada: “Retornar à UCDB é sempre muito prazeroso e nesta oportunidade confesso que não esperava. Cada um de nós tem uma missão a cumprir.

Fico muito agradecido ao conselho universitário por ter indicado o meu nome para essa homenagem”, ponderou. Atualmente, ele é diretor executivo da Rede Salesiana Brasil.

 

Conceição Aparecida Galves Butera

 

Para a professora Conceição Aparecida Galves Butera, também homenageada com Honoris Causa em Educação, a homenagem reflete o trabalho de toda a equipe: “Aproveito inclusive o momento para compartilhar com todos os meus colegas, professores, administrativo e gestores, porque eu acho que é a forma como os salesianos encontraram de homenagear todos os seus colaboradores”, disse. Ela trabalhou na Católica por 41 anos e meio, onde exerceu à docência e também atuou como Pró-Reitora de Graduação.

 

Pe. Ángel Adolfo Sanches y Sanches (in memorian)

 

O salesiano, Pe. Ángel Adolfo Sánchez y Sánchez (in memoriam), foi homenageado com Honoris Causa em Educação pelo trabalho à frente da direção geral das Faculdades Unidas Católicas de Mato Grosso (Fucmt) por seis anos, além de atuar no campo do ensino por mais de 15 anos. O vice-cônsul da Espanha em Mato Grosso do Sul, Lorenzo Torres Martinez, foi quem o representou na solenidade: “É uma emoção muito grande representar o Pe. Sánchez, como todos o chamavam, pois era uma pessoa muito dedicada ao sacerdócio e uma pessoa bastante comunicativa”, definiu Martinez.

 

Humberto Espíndola

 

O artista plástico Humberto Espíndola, homenageado com Honoris Causa em Desenvolvimento Local, relembrou que também foi um estudante do colégio salesiano: “É um reconhecimento importantíssimo, pois sou um ex-aluno salesiano e isso vem como um tipo de coroação da minha própria vida. Se passaram tantos anos após estudar e agora estou aqui recebendo o título de Doutor Honoris Causa dessa universidade que eu vi nascer”, comemorou. Há mais de 50 anos ele tem se dedicado à divulgação da cultura sul-mato-grossense, em especial a bovinocultura. Também é o idealizador da Associação Mato-grossense de Arte.

 

Ir. Silvia Vecellio Sai

 

“Trabalhar no São Julião foi um presente que Deus me deu. Para mim, foi como um verde campo. Quem o encontra vende o pouco que tem e compra o espaço. Eu vendi tudo o que tinha: a segurança de um colégio pelo São Julião. Foram os doentes que deram um sentido à minha vida. Mas, eu não poderia fazer nada sem as instituições que me apoiaram e sem os auxílios concretos de tantos benfeitores anônimos. Foi a dedicação de muitas pessoas que me deram força nessa caminhada. Se fui obrigada a vir até aqui foi para agradecer. Todos conseguiram transformar um lugar em ruínas em um verde campo”, contou, timidamente, a Ir. Silvia Vecellio Sai, homenageada com Honoris Causa em Direitos Humanos. Ela é diretora do Hospital São Julião — centro de referência para tratamento de hanseníase na América Latina — e membro da Inspetoria Imaculada Auxiliadora (IIA).

 

Também participaram da cerimônia os pró-reitores Ir. Herivelton Breitenbach (Administração), Ir. Gillianno Mazzetto (Desenvolvimento Institucional), Pe. João Marcos Araújo Ramos (Pastoral e Assuntos Comunitários), Rúbia Renata Marques (Graduação e Extensão) e Cristiano Marcelo Espinola Carvalho (Pesquisa e Pós-Graduação); além do arcebispo metropolitano de Campo Grande; Dom Dimas Lara Barbosa, membros do Conselho Universitário; salesianos, colaboradores, professores, coordenadores de curso e familiares dos homenageados.

 

Fonte: Missão Salesiana do Mato Grosso