nossas notícias

Docente do curso de Arquitetura e Urbanismo lança podcast sobre conforto ambiental
Podcast trata de assuntos como a ventilação natural, que é estratégica na prevenção de doenças causadas por vírus como a COVID-19

A docente do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Unileste), Kênia Alves de Paula, lançou no domingo (31) o primeiro episódio do podcast “Habitável”, na plataforma de streaming Spotify. O projeto, desenvolvido em conjunto com a também arquiteta Danielly Garcia, promove um bate-papo sobre o Conforto Ambiental: as condições necessárias de acústica, térmica e iluminação natural para que um espaço possa se tornar habitável.

 

De acordo com Kênia, a ideia da iniciativa surgiu diante da pandemia e do consequente confinamento preventivo: “O cenário que vivenciamos faz oportuna a discussão sobre aspectos correlatos ao habitar e ao espaço doméstico. Nunca, na história dessa geração, vivemos tanto a nossa casa, nunca observamos tanto o comportamento da nossa casa em diferentes situações: espaço de tele trabalho, home scholling (educação domiciliar), espaços de cuidado e recreação de crianças e idosos, espaço da alimentação e do consumo”, afirma.

 

Clique aqui e ouça o podcast Habitável – Episódio #1

 

Conforto Ambiental: questões envolvidas

 

Um dos objetivos do projeto, com a proposta de novos conteúdos quinzenais, é levar aos ouvintes informações úteis referentes à relação com a casa, de forma individual e coletiva. Um dos temas levantados pela docente, por exemplo, é a orientação a respeito da importância da exposição da luz solar durante este período:

 

“A luz natural é um fator importante para promover não só a boa saúde, mas também a sensação de bem-estar e conforto. Ela pode ajudar a evitar a Desordem Afetiva Sazonal (SAD), controlando o humor, o sono e evitando a depressão. Além de ser fundamental para a produção de vitamina D, que fortalece o sistema imunológico e é uma aliada na prevenção a gripes e resfriados e infecções”, ressalta.

 

Outro tema abordado foi a questão da ventilação natural, estratégica na prevenção de doenças causadas por vírus como a Covid-19. De acordo com as arquitetas, ao favorecer a renovação do ar, a ventilação bem direcionada reduz a possibilidade de disseminação do agente patológico. Durante o bate-papo, também é mencionado como o simples fato de “abrir as janelas”, recomendação para evitar a proliferação do novo coronavírus, está relacionado aos demais elementos de conforto: ruído, a luz natural e a ventilação.

 

No primeiro episódio, Kênia e Danielly também comentam sobre como as recentes mudanças de rotina, como o aumento dos regimes de trabalho remoto, vem influenciando na necessidade de pouca interferência dos ruídos. “Pensar nos espaços no que se refere ao isolamento dos ruídos indesejados e condicionamento, ou seja, qualidade do som que é produzido dentro dos ambientes domésticos, se tornou urgente”, completa a docente.

 

Fonte: Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Unileste)