nossas notícias

Projeto interdisciplinar permite estudo de áreas ambientais na prática
Fonte: Unisal.

Um projeto interdisciplinar ambiental de alunos do Curso de Pedagogia do UNISAL (Centro Universitário Salesiano de São Paulo), unidade Lorena, da Coordenação de Estágios e do Núcleo Educacional de Agrofloresta e de Permacultura de Lorena, vai permitir a estudantes conhecerem os benefícios de ações ambientais para a recuperação de áreas.

 

O projeto, sob supervisão da Coordenação de Estágio, por meio da Prof.ª Euni Vieira, da Prof.ª Irani Tirelli, do Curso de Pedagogia, e do Prof. de Engenharia, Bruno Pardal, possibilita aos alunos dos 2º e 3º anos do Curso de Pedagogia interagirem com ambiente em que ocorre a implantação da agroecologia, analisar e discutir as consequências benéficas para a Bacia Hidrográfica do Ribeirão Mandi.

 

A visita técnica ao Sítio das Quintas das Flores, em Lorena, foi realizada em 25 de março. O intuito do trabalho foi fazer com que os alunos percebessem a caracterização da área de estudo em cada um dos seus aspectos (solo, vegetação, fauna e, em alguns casos, água) e o diagnóstico geral, estabelecendo relação com o conceito de BH.

 

O professor solicitou aos grupos que sugerissem ações para melhorar as condições do ambiente. Cada grupo apresentou as sugestões e, em seguida, elaborou um plano de ação, colocando-o em prática. “Reconhecer o solo, experimentar, tocar a vegetação, a água e os animais, e até estabelecer relações entre a ação humana e suas consequências para o ambiente provocam identificação com a sustentabilidade do meio ambiente”, afirmam os professores responsáveis pelo projeto.

 

Ao conhecer a proposta do local, as 11 alunas de Pedagogia levantaram dados sobre os diferentes ambientes: pasto e agroflorestal, realizaram  um  diagnóstico ambiental do local; identificaram a interdependência entre o meio físico, químico e biológico, e estabeleceram relações entre a ação humana e suas consequências para o ambiente. Houve, ainda, a interação com a natureza na busca pelo resgate das experiências das Alunas com a terra. As futuras educadoras foram convidadas a refletirem sobre a necessidade da mudança de atitude e da importância de iniciar a educação para o meio ambiente desde cedo, com a criança pequena.