nossas notícias

Dois projetos inovadores do UniSALESIANO na área de medicina
Com testes para detecção de Hepatite C e reforma do Pronto Socorro Municipal, UniSALESIANO mantem os alunos engajados em ações da área de medicina  

Há alguns dias, o Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium (UniSALESIANO), em São Paulo, tornou-se protagonista com duas importantes novidades: a primeira se refere ao teste para Hepatite C na população adulta; a segunda, ao ex-Pronto Socorro Municipal, que se transformará em Ambulatório especializado, exatamente graças à contribuição do UniSALESIANO.

 

Estudantes e professores do Curso de Biomedicina efetuaram, entre 24 e 26 de agosto, testes para detectar a Hepatite C em adultos, pois, individuar a enfermidade não é simples, porque seus sintomas só se manifestam em fase bem avançada. Assim, junto à sede do Rotary Clube de Araçatuba, que ideou a campanha contra a Hepatite C, foram distribuídos 400 kits para proceder ao teste. A Coordenadora do Curso de Biomedicina, Prof.ª Rossana Abud Cabrera Rosa, sublinhou a importância do projeto, convidando a população a participar."É uma campanha anual, promovida pelo Rotary Clube, para erradicar a Hepatite C no mundo", declarou a coordenadora. A Docente, com mais três colegas e estagiários, supervisionados pela Liga Acadêmica de Imunologia Clínica e Comunitária, estão a conduzir os testes.

 

“Este tipo de ação é muito importante para os nossos acadêmicos. – continuou Rossana Abud – Aprendem a fazer os testes, a ler o resultado, a estar em contato com o público. Neste caso particular aprenderam também os procedimentos operativos para prevenir o COVID-19", concluiu.

 

UniSALESIANO e o Novo Ambulatório Especializado

 

Sempre no campo médico, deve-se assinalar a contribuição do UniSALESIANO na transformação do velho Pronto Socorro Municipal num Ambulatório especializado. O edifício será revitalizado, graças à colaboração da Prefeitura de Araçatuba. O projeto já foi anunciado no dia 24 de agosto último.

 

Pe. Luigi Favero (SDB), Reitor do UniSALESIANO, explicou que o trabalho será feito por etapas. Começando pelos setores da recepção e da fisioterapia, seguidos pelos demais setores das especializações ambulatoriais. O novo estúdio contará com especialistas em cardiologia, dermatologia, fisioterapia e outros.

 

O Pe. Favero sublinha o quanto a Universidade está empenhada na salvaguarda da saúde pública. “Os estudantes, já desde a primeira semana de curso, se deslocam para repartições sanitárias – explicou. Assim, enquanto ajudam, vão adquirindo experiência. Quer-se dar uma resposta na área da formação dos agentes sanitários, das tecnologias e das infraestruturas. Urge sanificar esse hospital".

 

O projeto já conta com o favor do Prefeito de Araçatuba, Danilo Borges; do seu Secretário da Saúde e Assessores. A primeira parte estará ativa dentro de dois/três meses e, até fevereiro de 2021, espera-se relançar todo o Ambulatório. “A coisa mais importante que temos é a vida – conclui o Reitor. A segunda, a nossa saúde!”.

 

Fonte: ANS