nossas notícias

UNISAL Recebe Selo de Qualidade OAB
Foto: Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL)

Na tarde da última quarta-feira (16), aconteceu a 7ª edição da cerimônia de entrega do Selo de Qualidade OAB Recomenda – “A Luta da Advocacia Brasileira pela proteção da Educação Jurídica” – na Sede do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, em Brasília (DF). A solenidade concretizou a entrega do Selo de Qualidade OAB Recomenda ao Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL) para os Cursos de Direito das Unidades Lorena e Campinas, reconhecimento adquirido em janeiro desse ano.

 

O Selo expressa o reconhecimento às Instituições de Educação Superior cujo curso de Direito possui elevado padrão, de acordo com os critérios estabelecidos pela Comissão Especial para elaboração do Selo OAB Recomenda do Conselho Federal.

 

O reitor do UNISAL, Pe. Eduardo Capucho (SDB), falou sobre a importância do curso de Direito para a vida em sociedade: “A Palavra de Deus diz que a justiça e a paz se abraçarão. A paz depende de uma cultura e sociedade justas, porque não existe paz sem justiça e todos aqueles que lutam pela justiça são considerados filhos de Deus. Quando o UNISAL contribui  para a formação de pessoas que defenderão a justiça, ao mesmo tempo, auxilia na construção da paz na sociedade”.

A premiação representa uma luta histórica da OAB em defesa da qualidade do ensino jurídico no Brasil. Nesta edição, 192 instituições de ensino superior foram agraciadas.  Ao discursar durante a solenidade, o presidente da OAB, Beto Simonetti, reforçou o prêmio como um instrumento que contribui para garantir a qualidade do ensino jurídico. “As instituições que estão representadas aqui nesta solenidade merecem o reconhecimento da Ordem em função da proficiência e da eficácia do ensino que é prestado”, disse Simonetti. “As instituições de ensino jurídico têm o papel fundamental de preparar os estudantes para sua vida profissional, para as mais diversas carreiras jurídicas e para a advocacia. A nossa gestão não terá medo de lutar e defender a modernização do ensino jurídico brasileiro, sem dispor de sua qualidade, eficiência e superioridade técnico-científica. É o nosso compromisso”, acrescentou o presidente da OAB.

 

Fonte: unisal.br